Arquivo da tag: dicas

Como aprender uma língua estrangeira se divertindo

6 astuces rigolotes pour apprendre une langue étrangère en s’amusant | La presse et la classe de fle | Scoop.it

Minha primeira aula de francês foi no mínimo traumática! A professora tinha um enorme carisma e conhecia muito bem a língua francesa. Mas estávamos na década de 90, os documentos em francês numa cidade do interior de SP eram poucos, ouvíamos músicas em fita cassete e internet ainda soava como filme de ficção científica. E olha, nem tenho tantas décadas de vida, mas realmente, ter bons documentos em outra língua poderia ser considerado luxo naquela época!

Comecei estudando uma gramática pesada e lendo livros da década de 40, nada de grandes clássicos da literatura, mas livros utilizados em sala de aula neste período na França. Difícil compreensão, leitura penosa, e o mais importante, nenhum assunto que despertasse meu interesse pela língua.
Aí chegamos ao final dos anos 90, mudamos de milênio e booomm internet !! Hoje ensinar e aprender línguas pode ser bem mais fácil e divertido do que minha 1° experiência nos anos 90. Existe muita informação na internet, e claro, é preciso saber selecionar e avaliar os conteúdos, tarefa que nem sempre é evidente.

Selecionei aqui um texto (em francês, né ?!) que dá dicas de como você pode aprimorar seus conhecimentos de uma forma divertida! Trata-se de um texto curtinho de uma revista online, portanto não espere encontrar aqui nenhuma descoberta do século. Mas o objetivo é esse mesmo, ler em francês e enriquecer o vocabulário de maneira leve e divertida, certo?

Amusez-vous bien 🙂

 

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Educação, Língua Francesa, Textos, textos A1 A2, textos A2 B1, Textos B2 C1, Textos C1 C2

Paris no bolso

Um pequeno guia de Paris, pas comme les autres!

Bonjour Paris é um pequeno guia de bolso desenhado à mão e conta com mais de 75 endereços preciosos para quem deseja curtir Paris fora do comum.

bonjour paris

 

http://www.marinmontagut.com/bonjour-paris/

 

Deixe um comentário

Arquivado em Cultura, Textos B2 C1, Turismo, Uncategorized